Quando questionado acerca dos seus sonhos ou projetos para 2019, muitos respondem mudar de emprego e ter uma carreira profissional de sucesso. Isto aplica-se quer aos jovens que estão a integrar no mercado de trabalho, quer aos mais experientes que pretendem uma progressão na carreira ou simplesmente mudar de função.

Não esquecer que para alguns, ter sucesso profissional é usufruir de um salário elevado mensalmente, já para outros, é o reconhecimento do seu esforço e trabalho por meio de promoções, bónus e feedbacks positivos.

Quer na gestão de carreira, quer na vida pessoal, fazer planos e aprender com os próprios erros são algumas das atitudes essenciais para conseguir alcançar o que deseja. Conheça as nossas sugestões para potenciar a sua carreira profissional até ao próximo nível.

Evite procrastinações

Existem várias razões que o poderão levar a um estado constante de procrastinação. Pode o projeto em que está envolvido aparentar ser complexo ou pouco interessante, o que lhe dificulta a priorizar tarefas a ser executadas, ou simplesmente poderá pensar que não tem tempo suficiente para o finalizar.

Seja qual for o motivo, os prazos não respeitados e as tarefas por terminar, poderão deixá-lo com má imagem perante a sua hierarquia ou colegas.

Num cenário mais complexo o importante é não entrar em stress. Procure dividir um dado projeto ou tarefa em partes que possam ser facilmente geridas. Simultaneamente, associe um prazo de conclusão a cada tarefa, e, se facilitar, procure uma recompensa à medida que as vai terminando. As tarefas mais entediantes em que no fim tenham uma recompensa associada poderão ser executadas com maiores níveis de sucesso.

Seja metódico e procure listar as suas tarefas por ordem ou prazo de execução, complexidade, ou outro filtro mais pertinente. Considere as datas de entrega do seu trabalho, mas sobretudo os tempos de execução. Se uma tarefa está a consumir demasiado tempo pelo seu grau de dificuldade, não desespere, procure uma outra mais simples para executar no momento e regresse à mais complicada de cabeça leve.

Faças novos contactos

Acreditamos que um dos fatores que podem fazer a diferença na sua carreira profissional é a sua capacidade de estabelecer novas ligações com pessoas. Muito boas oportunidades surgem, por vezes, através de networking. Trata-se de uma estrutura em que existem duas vias de comunicação, em que todos saem a ganhar pela constante e contínua alimentação da relação com conhecimento, experiências e até oportunidades. Sugerimos que crie o hábito de manter contacto regular com a sua rede, não só no momento de necessidade, mas em todos. Entenda este ecossistema como uma rede onde se cultiva a reciprocidade.

Candidate-se ao seu emprego de sonho

Poderá parecer cliché, mas existem empregos de sonho. Numa primeira instância deverá saber qual é o seu objetivo de carreira. Pretende chegar a responsável de departamento, diretor, vice-presidente?

Seja qual for a sua meta, é importante que clarifique o que pretende para o seu futuro, para que assim consiga estabelecer um plano de ação para o mesmo, o que fará com que o caminho até lá seja mais fácil, focado e organizado.

Assista a conferências

Seja qual for a área em que trabalha, os benefícios de assistir a conferências são infindáveis. Nos dias de hoje, existem inúmeras oportunidades para participar em eventos na sua área de conhecimento e aprender um pouco mais sobre essa indústria. A hipótese de assistir a palestras/ conferências que não estejam relacionados com a sua área também deverá ser mantida na equação, caso tenha como objetivo inteirar-se de outros temas, ou, também bastante relevante, se é o ambiente do seu público-alvo. Terá assim um melhor conhecimento para proporcionar ao seu cliente final, um serviço único.

Retomando o assunto sobre networking, também aqui é o ambiente perfeito para conhecer novas pessoas e partilhar experiências com outros profissionais. Utilize um desbloqueador de conversa e tenha preparado o seu melhor pitch. Muito importante: não se esqueça dos cartões de visita.

Aprenda algo novo

No mundo empresarial, a maioria dos gestores poderão assumir que os melhores colaboradores serão aqueles que mais trabalham. Mas lembre-se: trabalhar mais, não tem de ser equivalente à literalidade da palavra, na verdade, por vezes esse tempo a mais traduz-se apenas na velocidade com que cada um executa determinadas tarefas. Contudo, e independentemente dos motivos, muitos líderes também procuram pessoas que demonstrem outras qualidades que possam vir a otimizar o seu trabalho e o de todos no dia a dia da empresa.

Procure novas soluções, estude mais sobre a sua indústria e aprofunde os conhecimentos da sua área ou noutras que possam ser complementares ao seu trabalho diário. Trabalhar mais não tem de significar ser o último a sair do escritório. Procure potenciar o seu talento e ter uma projeção clara daquilo que pretende ver refletido a longo prazo na sua carreira profissional.

Saia da sua zona de conforto

Se procura otimizar a sua carreira profissional deverá estar consciente de que o seu objetivo final irá requerer de si um esforço extra, se pretende que o seu trabalho seja reconhecido e até projetado em funções de um nível superior. Não menos importante será também estabelecer uma relação de cooperação com outros departamentos e estimular um ambiente de entreajuda.

Proponha-se a novos desafios fora do seu ambiente de conforto. O seu crescimento profissional depende disso.

Não receie pedir ajuda

Existem sempre mais pessoas com mais experiência e conhecimento. Por mais que saiba sobre a sua área e outras, nunca irá saber tudo. Essa é a beleza do conhecimento: nunca acaba! Para tal, trabalhar com colegas mais experientes poderá ser benéfico também para a sua carreira, na medida em que poderão existir formas de melhorar diariamente, se adotar uma postura constante de aprendizagem. A escolha de um mentor também poderá ser uma mais valia para o seu plano de carreira, pois para além de o poder aconselhar sobre uma área que já domina, poderá também receber informações mais concretas sobre um dado cargo ou empresa.

Assuma os seus erros

Se há algo certo desde o seu primeiro dia no mercado de trabalho, é já ter cometido ou vir a cometer erros. É algo que está intrínseco a quem trabalha em prol de um objetivo todos os dias. Acreditamos que possa reunir esforços no sentido de evitar erros graves, contudo, até com todo o cuidado este cenário menos favorável poderá acabar por acontecer. 

Numa situação destas, evite colocar-se alheio a tal resultado. Admita o seu erro e concentre-se na sua correcção, ou pelo menos mantenha-se numa posição em que consiga minimizar os efeitos de tal ação, conservando assim a sua reputação enquanto profissional.

Ouça mais

É sem dúvida um ponto que, muitas vezes, é descurado, no entanto mostra mais sobre si como ouvinte do que o que pode imaginar. Ouvir, no sentido exato da palavra, demonstra atenção e consideração pelo discurso da outra pessoa e poderá evitar mal-entendidos e proporcionar, no geral, um melhor relacionamento, seja com o seu chefe, seja com os colegas. Lembre-se no entanto que não basta ouvir, pois enquanto se mantém em silêncio, o seu corpo continua a falar, e sem criação de empatia, qualquer relação fica descuidada. 

O mesmo se aplica enquanto orador. O seu corpo está em constante comunicação e as pessoas em redor captam as mensagens que envia. É de extrema importância que mantenha coerência na sua comunicação verbal e não-verbal. Existe tanta necessidade de compreender aquilo que é dito verbalmente como por gestos e expressões faciais, pois se você não compreender, o seu inconscientemente certamente o fará, tal como o da pessoa que tem em frente. Se ainda não sabe do que estamos a falar, talvez o reconheça como o “instinto” que temos acerca de alguém quando conhecemos.

Reserve algum tempo para reflexão

 Não menos importante que seguir os restantes insights neste artigo partilhados, é o facto de ser necessário refletir sobre todo o processo. Muitos profissionais não despendem o tempo necessário para refletir, analisar e retirar as respetivas conclusões do seu percurso. Este facto pode, por vezes, ser desastroso, caso não tenha objetivos a médio e longo prazo para a carreira. Contudo, se este for o seu caso, mantenha o pensamento positivo, pois basta reler este artigo e elaborar ponto a ponto com coragem e dedicação e, eventualmente, o sim é certo!

Essencial é refletir: quando foi a última vez que guardou algum tempo para analisar todo o seu progresso? O que garante que as tomadas de decisão consideradas para o futuro são as mais benéficas para si? O tempo de análise é crítico para avaliar a taxa de sucesso de todo o processo de desenvolvimento profissional, por isso, dedique algumas horas de quanto em quanto tempo for necessário. Lembre-se que esta é uma tarefa intemporal, que terá enquanto for um profissional, pois é necessário fazer o seu próprio follow up de crescimento para crescer ainda mais e perceber qual o caminho correto a tomar. Da mesmo forma, é aqui que tem uma compreensão mais detalhada das suas qualidades, mas também dos seus erros. Estes últimos são a sua grande oportunidade de reconhecer e fazer melhor. Sabendo isso, enfrente-os com coragem. 

Finalmente, a definição de sucesso é subjetiva a cada pessoa. Por isso, deve em primeiro lugar esclarecer o que representa este tema para si, de forma a apurar a taxa de sucesso ao longo do seu trajeto profissional.

De que forma pretende impulsionar a sua carreira profissional?

Descubra as nossas oportunidades de emprego.